domingo, 25 de setembro de 2011

O Prazer da Caminhada


Recentemente, há pouco mais de um mês escrevi um texto sobre a possibilidade de sabermos o segredo do sucesso que foi muito bem recebido por amigos e pelos leitores do Blog. Resolvi então, novamente, escrever sobre textos que li nesse período e que me acrescentaram algo de bom, de útil, algo que eu possa aplicar no meu cotidiano e em minha profissão e especialidade. Espero que apreciem!

.:.

O Prazer da Caminhada

Li certa vez uma reportagem sobre os segredos de pessoas que venceram em seus meios, em seus nichos, em suas abordagens sobre o que escolheram para fazer de suas vidas...

Certas pessoas, como a Dona L.V. (de 79 anos) foram pioneiras em suas regiões, em suas cidades. Antigamente, há cerca de 20 anos, realmente, o mercado não era o mesmo dos dias de hoje. Os filhos da dona L.V., bem aconselhados, seguiram seus passos e hoje são os donos de marcas como: Lei Básica, Wattz, Missbela e Vide Bula.

Não importa o que os mais otimistas digam, hoje é mais difícil vencer. Há mais competição, existem menos oportunidades, existem pessoas tão, ou mais, qualificadas que você disputando a mesma posição social. Mas, isso não é motivo para desanimá-lo. 

(Não é motivo?)



Entre as crenças da família de Dona L.V. existe uma me intrigou, já que penso (tento pensar) da mesma forma:

“Você só segue um caminho se é feliz, se não, tem que mudar. Estamos há mais de 30 anos no mercado porque somos felizes e somos empreendedores. É preciso saber conviver com altos e baixos de mercado e fazer as coisas para construir, não simplesmente para ganhar dinheiro. Quem está no mercado só para ganhar dinheiro não é feliz!
P.V.

Assim, se o dinheiro não vem para todos, penso que torná-lo sempre o objetivo de algo que exige tanto de nós, não deve ser uma atitude inteligente. A minha sugestão é que se deve aproveitar o caminho, a estrada percorrida, os aprendizados extraídos dos acertos e, principalmente, dos erros!

.:.

George Nunes Bueno
Especialista e Mestrando em Ortodontia (UERJ)

Referências:

3 comentários:

George Nunes Bueno disse...

Conseguem comentar?

Anônimo disse...

Muuuito legal Gê!
Concordo com a sabedoria dessa mãe e da reflexão final!
^^
fechou muito bem, cara! ^^
Grande abraço! ^^

Gui.

Vinícius disse...

Acho que todos concordamos que o conceito é fundamental, mas não é exatamente fácil de se colocar em prática, né?

Quero dizer, acho que poucos de nós já encontraram o emprego ideal, que torna o salário no fim do mês uma mera consequência.

O importante é manter o sonho e a motivação!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...